Mulheres de atitude – Abigail

Já temos falado bastante sobre a posição da mulher cristã aqui no conversa. Porém, apesar dos vários ensinamentos nas igrejas, reuniões de mulheres, palestras e etc., algumas pessoas ainda confundem a posição da mulher cristã como uma pessoa que simplesmente se cala para tudo, sofredora e sem atitude. Isso não é verdade! Se pararmos para analisar algumas mulheres da Bíblia vamos perceber que foram mulheres de MUITA atitude, ousadas e que mesmo assim se submeterem à vontade de Deus. Especificamente hoje gostaria de falar de uma em especial, Abigail.

Quando lemos o capítulo 25 de I Samuel, logo no versículo 3 nos deparamos com a seguinte situação: Abigail (inteligente e bonita) era esposa de Nabal (cujo nome significa insensato), homem rude e mal, ou seja, duas personalidades completamente opostas. Nabal e sua família moravam numa região árida e possuíam muitos bodes e ovelhas, e por isso, eram  alvo constante de ladrões. Davi e seus guerreiros generosamente haviam protegido o gado e as propriedades de Nabal (vs. 15,16,21). Quando Davi mandou uma mensagem a Nabal  pedindo que ele pagasse o “que pudesse” pelo serviço, Nabal simplesmente ignorou o apoio e serviço de Davi, fingindo que não os conhecia .

A atitude de Nabal foi tão rude e insensata que um de seus próprios servos chegou a Abigail e contou tudo o que aconteceu, ressaltando que Davi era um homem bom e que seu Senhor simplesmente não ouvia ninguém, e que certamente Davi e seus guerreiros chegariam para acabar com aquela casa. Ela então rapidamente tomou uma atitude, pegou mercadorias e vinho e foi até Davi, e prostrou-se diante dele, pedindo perdão e misericórdia, além de reconhecer o seu futuro reinado. A maneira de Abigail falar com Davi é um exemplo de sabedoria e graça e foi capaz de evitar uma situação desastrosa, ela conseguiu : (1) mostrar o devido respeito por Davi, coisa que seu marido não havia feito, (2) reconhecer a fé no Deus vivo, (3) admitir as atitudes más de Nabal, (4) restituir a Davi e seus homens, (5) ajudar a Davi a enxergar os prováveis desfechos daquela situação a longo prazo. Abigail era uma mulher submissa a seu esposo, porém quando ela viu o grande erro que ele havia cometido, ela preferiu seguir o seu coração que era, em primeiro lugar, submisso a Deus.

Diante da humildade e da sábia argumentação de Abigail, Davi caiu em si e reconheceu que o SENHOR é que a havia enviado ao seu encontro, impedindo que ele derramasse sangue. Ele recebeu o que ela havia trazido e atendeu à sua petição, mandando-a de volta para casa em paz. O que me chama a atenção nesse texto é que, mesmo tendo um marido tolo, Abigail foi humilde o suficiente para reconhecer a insensatez e o erro de Nabal, e mesmo assim se arriscou para poder salvar tanto a ele como sua casa.Vemos ao final que ela voltou para casa e  Nabal estava dando um banquete e bêbado, então ela não lhe disse nada do que havia acontecido até o amanhecer do outro dia, e ele ficou paralisado,e depois de dez dias morreu. Então Davi quando soube da nóticia, pediu para que Abigail se tornasse sua mulher, e ela aceitou. Com certeza ele não só apreciou a sua formosura, mas também o seu caráter e fé no SENHOR. A vida dessa mulher mudou completamente, ela agora era esposa de um homem segundo o coração de Deus, bom e justo, completamente diferente de Nabal, ela foi presenteada.

De repente, você está lendo esse texto agora e lembrando de algumas atitudes erradas ou insensatas do seu marido (crente ou não) que podem estar desagradando a Deus ou até estarem levando sua casa à ruína. O que podemos aprender com Abigail nesse tipo de situação? Muitas vezes algumas mulheres acabam caindo no erro de discutir, brigar e ficar apontando os erros do seu cônjuge a todo momento, inclusive na frente dos filhos, familiares, amigos e etc. Na verdade, na maioria das vezes isso acaba gerando mais problemas entre e família. Abigail não perdeu seu tempo com esse tipo de coisa. Ela tomou a atitude certa, foi ao único que podia livrar sua casa da desgraça, confiando que Deus lhe daria as palavras certas e se portando com respeito e humildade, inclusive tomando a culpa de seu marido para si mesma (vs 24). Abigail era submissa a um marido tolo porque ela confiava em Deus e que Ele a sustentava.

Você é uma mulher mansa, dócil, compreensiva assim como Abigail ou uma mulher rixosa como a esposa de Jó?

Se você passa por situação parecida, antes de discutir, tome a atitude certa, vá ao único que pode mudar sua situação, que é Deus. Seja submissa a Deus e a seu marido, ore com sabedoria e humildade, exponha ao Senhor sua situação e peça com fé pela misericórdia dele, paciência e sabedoria, peça ainda para que Ele dirija o seu casamento. Caso esteja numa situação delicada, vá ao seu pastor, exponha sua situação e peça por seu conselho e oração. E aí depois o Senhor te dará sabedoria e paz, para que mesmo você tenha que chamar seu cônjuge para alguma reponsabilidade, tudo será feito em paz e segurança, e que vocês dois juntos salvem seu lar.

Você poderá gostar também de:

Resumo Eslavec 2011 e mulher de atitude

Raabe, uma mulher de coragem

Bom senso e sabedoria

About these ads

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s