O que aprender no sofrimento?

Um dia destes estudando um pouco, Deus me direcionou a resposta para uma pergunta que eu já estava fazendo a um tempo.

Sabe aquelas situações em que você ou sua família é acusada, caluniada, maltratada ou você acha que está sofrendo algo injustamente?

Quero te dizer que se você está sofrendo essas coisas por causa do nome de Deus, parabéns, a palavra está se cumprindo na sua vida, com pelo menos dois objetivos:

1º- Deus está se agradando de você

2º – Você está sendo moldada de acordo com o caráter de Cristo, para se tornar cada vez mais parecida com Ele.

Veja o que diz I Pedro 2:19-25

“Porque é louvável que, por motivo de sua consciência para com Deus, alguém suporte aflições sofrendo injustamente….Mas se vocês suportam o sofrimento por terem feito o bem, isso é louvável diante de Deus. Para isso vocês foram chamados, pois também Cristo sofreu no lugar de vocês, deixando-lhes exemplo, para que sigam os seus passos.”Ele não cometeu pecado algum, e nenhum engano foi encontrado em sua boca”. Quando insultado, não revidava; quando sofria, não fazia ameaças, mas entregava-se àquele que julga com justiça… Pois vocês eram como ovelhas desgarradas, mas agora se converteram ao Pastor e Bispo de suas almas. “

É como aquela situação em que você deseja fazer algo para ajudar na igreja, e começa a ouvir o burburinho das pessoas dizendo que você só está fazendo isso por aparecer. Ou quando você é nova é um lugar e alguns não te dão ao menos a chance de te conhecer e já te julgam e maltratam, te ferindo. Ou quando você padece com seus familiares por causa do seu amor e seu serviço à Cristo.

Eu aprendi que nessas e em muitas outras situações que vamos passar por causa do nosso amor a Deus, ao invés de ficarmos perguntando, clamando e chorando, pedindo a Deus o porquê, devemos mesmo é ter a consciência de que alguma maneira estamos sendo provadas, e precisamos ser APROVADAS. Devemos nesse momento refletir o caráter de Cristo, através da ajuda do Espírito Santo e da Palavra, para que não murmuremos, não desejemos a vingança, nem o mal, mas sim que possamos confiar, e nos entregar “àquele que julga com justiça”.  Porque dessa mandeira estaremos fazendo o que é certo diante de Deus, e certamente seremos recompensadas.

Reflita nessa palavra, ore e peça perdão a Deus se você tem sido murmuradora e leia sua palavra. Nunca perca seu foco em Cristo. Seja feliz!

Caroline Leal

Você poderá gostar também de:

Derrubando altares

A moda e meu armário

Mulheres de atitude – Abigail

Anúncios

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s